Alimentação

Alimentos que combatem Colesterol Alto: Dieta Reduzir Gordura Sangue

Alimentos que combatem Colesterol Alto- Dieta para reduzir e controlar o Colesterol

Os hábitos alimentares são uns dos responsáveis pelo excesso de gordura no corpo. O colesterol é fundamental a saúde, desde que dentro dos limites estabelecidos. O colesterol alto é um grande vilão à saúde, capaz de causar doenças cardiovasculares causando o infarto ou AVC, podendo até levar a morte.

O nosso corpo contém o colesterol LDL, o colesterol mau, que coloca a gordura nos vasos sanguíneos e o HDL, o colesterol bom, que remove a gordura dos vasos sanguíneos. Nosso organismo deve ter os dois tipos de colesterol, porém, em doses equilibradas para o bom funcionamento do organismo.

O nível ideal do colesterol é de 200 mg/dl, exceto em pessoas com diabetes ou que já sofreu enfarto ou AVC (Acidente Vascular Cerebral), onde o índice de colesterol deve ser de no máximo 150 mg/dl.

O que fazer para melhorar os níveis de colesterol? Confira dicas de como mudar alguns hábitos alimentares e melhorar os níveis do colesterol do corpo e não depender mais de medicamentos e consultas médicas constantes.

Separamos para você algumas dicas e alimentos que podem contribuir para o bom funcionamento do nosso organismo e ajudar no combate ao colesterol alto.

Alimentos que combatem o colesterol alto

 

  • Alimentos com mais fibras como o pão integral, aveia.
  • Alimentos pobres em gordura como queijo branco, ricota, peito de peru, leite desnatado.
  • Alimentos grelhados, assados e cozidos.
  • Fruta como maçã, pera, goiaba e hortaliças (fibras).
  • Leguminosas como feijão, lentilha, ervila, grão de bico, ricas em fibras.
  • Soja, que combate doenças cardiovasculares. Contém fitosterol e ácido linolênico, que reduzem o colesterol.
  • Carnes branca, frango e peixe.

Dicas na dieta e escolha do cardápio

 

O suco de uva é uma ótima escolha para quem está querendo melhora o nível do colesterol, porque tem resveratrol, que pode aumentar o colesterol bom (HDL) e até acrescentar anos de vida. O indicado é beber diariamente 500 ml de um bom suco de uva (não funciona com os em pó ou de caixinha)

Procure trocar as hortaliças brancas por alimentos de cor roxa, como cebola branca por cebola roxa, repolho verde pelo roxo. As cores roxas dos alimentos colaboram para evitar o colesterol por conterem antocianina, corante natural e antioxidante.

Que alimentos trocar

 

  • Evite os salgadinhos, trocando-os por castanhas e sementes.
  • Troque também o sal por ervas, elas ajudam a temperar os alimentos, dispensando o excesso do sal.
  • Evite molhos brancos, são mais gorduroso. Troque-os por molho vermelho de tomates.
  • Coma chocolate meio-amargo ou amargo no lugar do chocolate ao leite e branco.
  • Faça pipoca de panela e não pipoca de microondas.
  • Troque manteiga por margarina.
  • Evite carne gorda, tortas de massa podre, biscoitos recheados, folheados em geral, amanteigados, sorvete de massa, banha animal, embutidos, miúdos (fígado e coração de galinha) e frutos do mar.

Alimentos liberados

 

  • Quem tem colesterol alto pode comer 1 ovo ao dia. O corpo pode absorver esta gordura.
  • Carne branca é melhor opção. A carne vermelha deve ser ingerida sem gordura e com pouco óleo.
  • 1 colher de sopa de margarina especial (sólida, sem derreter), com fitosterol reduz o LDL em 10%.
  • Chocolate pode ser consumido. Se ingerido com moderação não aumenta o LDL e conté substâncias antioxidante, protegendo o coração.

Faça uma dieta equlibrada e saudável, com o mínimo de gordura possível e abaixe o nível do colesterol.

O excesso de carboidratos encontrados nos doces em geral,açúcar, refrigerantes, massas, excesso de frutas e sucos, pães, bebidas alcóolicas leva ao aumento da triglicérides. Ao emagrecer o nível do triglicérides abaixa ( o recomendado é menor de 150 mg/ld).

Devemos levar em conta também os fatores genéticos para o aumento do colesterol. Problemas de metabolização das gorduras no sangue pode ser hipercolesterolemia familiar. Os sintomas da doença são bolinhas de gordura na pele e aumento da taxa do colesterol LDL. É importante a realização de exames periódicos para verificar as taxas do colesterol.

Crianças a partir dos 10 anos de idade devem fazer a triagem, um teste feito na ponta do dedo para medir o colesterol total, recomenda a Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Atividades físicas e evitar o sedentarismo é de fundamental importância nos cuidados com a saúde e no controle do colesterol.

Gostou das dicas? Comente aqui no blog Notícias Num Click.

Fonte- G1.

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.