.Intertextualidade: Exemplos de Relação entre Textos, Imagens e mais

foto Intertextualidade: Exemplos de Relação entre Textos, Imagens e mais

Propaganda que faz forte referência ao filme "Tropa de Elite"

.Intertextualidade é um tipo de relação que se dá entre textos, imagens, vídeos, propagandas e qualquer outro tipo de linguagem seja ela escrita ou não escrita, desde que um faça alusão ao outro. Há quem prefira dizer que é a criação de uma obra a partir de outra já existente, mas nem sempre a relação entre eles é explícita.

Não são incomuns os casos em que um leitor ou observador menos atento sequer note que houve uma relação intertextual. Para identificá-la é preciso ter conhecimento da obra e seu contexto, bem como fazer uma interpretação minuciosa de ambos.

A intertextualidade pode ter várias finalidades dentre elas afirmar, negar, criticar ou trazer um tema anterior para a sua realidade fazendo as alterações que julgar necessárias. Preste atenção, essa relação não pode ser confundida com o plágio que nada mais é do que a utilização de partes de uma obra que pertença a outra pessoa sem colocar os créditos para o autor original, um crime.

.

intertextualidade Intertextualidade: Exemplos de Relação entre Textos, Imagens e mais

.Para ilustrar melhor o tema nós separamos alguns exemplos de Intertextualidade entre textos e também entre imagens. O primeiro logo acima mostra o famoso poema “Vou-me embora pra Pasárgada” de Manoel Bandeira e uma paródia feita por Millôr Fernandes de forma intertextual.

intertextualidade imagens Intertextualidade: Exemplos de Relação entre Textos, Imagens e mais.Acima temos outro exemplo, só que entre duas imagens. A primeira obra é “Os Fuzilamentos” de Francisco de Goya que registra a ocupaçãoda Espanha pelas tropas francesas em 1814. Já a segunda é de Édouard Manet e embora esteja num outro contexto, teve forte influencia de Goya.

Provavelmente você já entendeu como se dá uma relação intertexual e a partir de agora tem mais base para identificá-la e interpretá-la corretamente. Mas e você, o que achou das dicas sobre intertextualidade? E dos exemplos que nós separamos? Deixe o seu comentário.